Notícias

Equipe de cunicultura da UFRRJ visita Lulu coelhos


Pacita 2A professora Maria Paz "Pacita", do departamento de Zootecnia da UFRRJ visitou juntamente com seus alunos a Lulu coelhos, situada na cidade do Rio de Janeiro. Estas visitas técnicas são cruciais para que se melhor associe ensino e prática. Segundo o proprietário da granja, Sr. Luís, "foi um prazer receber a professora com os alunos os quais se interessaram na nossa história, de como começamos a criação. Nesta oportunidade falamos sobre manejo, qualidade de vida e bem-estar dos animais, sobre as características de cada raça, alimentação, notícias de doenças na capital do Rio de Janeiro, perfil dos clientes de coelhos de estimação. Foi uma ótima troca de informações e experiências, aprendemos muito com eles e esperamos que eles tenham gostado de estar aqui. Creio que gostaram pois saíram daqui falando em fazer um evento sobre cunicultura lá na UFRRJ."

 

 

 

Realizado Seminário Nacional e Encontro de cunicultores em Florianópolis

ev

Durante os dias 13 e 14 abril de 2019, foi realizado o VI  SENACITEC (Seminário Nacional em Ciência e Tecnologia em Cunicultura) juntamente com o II Encontro de Cunicultores de Santa Catarina e teve como lema a frase “Juntos somos mais fortes”. Foram apresentadas inovações tecnológicas e científicas desenvolvidas em instituições de ensino,  oportunizando debates, discussões e maior integração e diálogo. Estiveram presentes cerca de 120 pessoas dentre produtores, estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, professores e profissionais da área. O evento contou com palestras de temas variados, bem como um dia de campo e degustação de carne assada e rocambole de coelho. Todas as publicações do evento foram disponibilizadas através da Revista Brasileira de Cunicultura, estando disponíveis em:http://www.rbc.acbc.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=83&Itemid=106

Parabenizamos e agradecemos a coordenadora do evento, professora Priscila - UFSC, pelo seu grande empenho para a realização deste importante evento, fundamental para evolução da cunicultura brasileira. 

 

 

 

Unesp Botucatu promove simpósio de carnes exóticas não convencionais

simpDe 31 de maio a 2 de junho, o Grupo de Estudos de Grupo de Estudos em Inspeção e Segurança Alimentar (Geisa) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp, câmpus de Botucatu, vai promover o I Simpósio de Carnes Exóticas Não Convencionais – Produção, Abate e Fiscalização, no anfiteatro da Pós-Graduação da FMVZ, no câmpus de Rubião Júnior.

Dentre os temas abordados no evento estarão: o papel do bem estar animal na qualidade da carne, criação de animais neotropicais, abate e inspeção de equinos, carne de coelho, moluscos, carne de jacaré, manejo alimentar, abate e qualidade de carne de rã touro.

O conteúdo de coelhos será lecionado pela professora Ana Silvia Moura. Maiores informações em: https://www.fmvz.unesp.br/#!/lista-de-eventos/i-simposio-de-carnes-exoticas-e-nao-convencionais---producao-abate-e-fiscalizacao/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

13 DE MAIO: PARABÉNS AOS ZOOTECNISTAS PELO SEU DIA!

Cópia de Screenshot 20190513 164759Dia do Zootecnista é celebrado em 13 de maio. Esta data é uma homenagem ao profissional que se dedica em estudar e pesquisar métodos de potencialização da produção animal e vegetal com qualidade, sem prejudicar o meio ambiente, o bem-estar dos animais e a satisfação dos consumidores finais. Nessa data tão especial, a ACBC não poderia deixar de parabenizar a todos os Zootecnistas do Brasil, especialmente aqueles que se dedicam à CUNICULTURA, seja no desenvolvimento de pesquisas, assistência técnica ou produção a campo. Nossas Sinceras Homenagens!!!  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Toma posse a nova Diretoria da ACBC

 

Nova Diretoria ACBC com legendaNos dias 13 e 14 de abril de 2019, faltando uma semana para a Páscoa, o Brasil teve mais um motivo para inserir o Coelho no centro das atenções. Por ocasião do VI SEMINÁRIO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM CUNICULTURA - SENACITEC 2019, realizado simultaneamente com o II ENCONTRO DE CUNICULTORES DE SANTA CATARINA, nas dependências da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (Florianópolis), houve a posse da Nova Diretoria da Associação Científica Brasileira de Cunicultura - ACBC (Gestão 2019-2022).

Composta por Docentes, Doutorandas e Cunicultoras, a nova diretoria traz em sua própria estrutura profissionais que representam importantes elos da cadeia científica e produtiva relacionada ao setor. “O mote dessa gestão será congregar o maior número de atores envolvidos na cadeia cunícola, a fim de promover diálogo entre Cunicultores, Pesquisadores e Técnicos, na busca por alternativas viáveis de produção, elevação da qualidade dos produtos e garantia de bem estar animal, além de incentivar a geração e difusão de conhecimento na área”, comenta o Presidente eleito, Prof. Dr. Leandro Dalcin Castilha, da Universidade Estadual de Maringá-UEM.

Segundo o ex-secretário da ACBC, Prof. Dr. Luiz Carlos Machado, “esta nova Diretoria é bastante proativa e multidisciplinar, contando com estudantes, professores e cunicultores de cinco diferentes Estados brasileiros”. Durante a cerimônia de posse, Prof. Luiz se mostrou feliz e disse acreditar no crescimento da ACBC para os próximos anos.  

 

Publicada terceira edição do manual de formulação de rações e suplementos para coelhos

           Foi publicada a terceira edição do Manual de Formulação de Rações e Suplementos para Coelhos, livro inicialmente publicado pela ACBC no ano de 2011 e que objetiva instruir os nutricionistas das fábricas de rações sobre a correta formulação de alimentos balanceados para coelhos, haja vistas que há grandes problemas no mercado relacionados com a qualidade das rações para estes animais. Esta edição contou com a colaboração da Zootecnista Ana Klinger, que atualizou tabelas e dados fundamentais ao processo de formulação eficiente. Para baixar a nova versão do manual, clique aqui.

IFMG Bambuí rejeita carga de rações pela segunda vez

           Infelizmente em grande parte das compras o sistema de licitação pública não atende às expectativas de qualidade. Isso é agravado em rações, pois a composição de ingredientes pode variar e não atender, de forma satisfatória, aos níveis de garantia estipulados previamente, haja vistas que há hoje uma grande defasagem entre a qualidade a ser apresentada no rótulo, exigida pelo ministério, e a qualidade formulada por parte dos nutricionistas de coelhos. O fato é que várias rações de coelhos não atendem às exigências da espécie, principalmente fibras. 

          Pela segunda vez o IFMG rejeitou uma carga de ração onde foram enviadas rações de qualidade inferior à solicitada no processo de licitação. Nas duas vezes os fornecedores entrarem em contato com a equipe técnica e reenviaram material de qualidade superior. O responsável pelo setor de Cunicultura, prof. Luiz Carlos Machado diz que este problema acontece em várias instituições brasileiras e recomenda aos responsáveis a fazer o mesmo para que se garanta ração de boa qualidade no comedouro dos animais.  

Cunicultores terão alojamento gratuíto em Florianópolis

            Os cunicultores que participarem do II Encontro de Cunicultores de SC/ VI SENACITEC terão alojamento gratuíto na FETAESC durante o evento. Isso somente foi possível graças ao esforço da professora Priscila da UFSC, organizadora do evento. Maiores informações podem ser obtidas através do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Se multiplica a venda de coelhos no mercado central de BH

        mercado   O mercado central de Belo Horizonte é também conhecido por sua venda de animais de estimação, dentre outros. Atualmente se pode verificar que cresceu muito o número de coelhos vendidos nas diversas lojas de animais, sendo a maioria de coelhos das raças mini ou pequenas. Isso é um reflexo do crescimento da utilização dos coelhos como animal pet nos grande scentros. Nos últimos anos tem-se implantado medidas para se melhorar a qualidade sanitária dos animais vendidos no mercado, a qual é por muitas vezes questionada. 

 

 

 

 

 

 

ACBC publica 13ª edição do boletim de cunicultura

Em parceria com o IFMG Bambuí, através de um projeto de extensão, a ACBC publicou a 13ª edição do boletim de cunicultura, que trás os seguintes assuntos: palavras chave: Seminário Nacional de Ciência e Tecnologia em Cunicultura, Encontro de Cunicultores do Vale do Itajaí, bem-estar na granja, organização da cunicultura no Vale do Itajaí, fotoperíodo e fertilidade em coelhos, Fortalezas, problemas e soluções para a cunicultura dos países americanos em desenvolvimento, calosidade ou pododermatitis,  associativismo em Capão Bonito, Cunicultora Jenisvânia.

Para baixar o boletim, clique aqui.

Para acessar as demais edições do boletim, clique aqui.

Publicado documento da mesa redonda que discutiu situação da cunicultura

            mesa Acaba de ser disponibilizado pela AB-WRSA o documento gerado a partir da mesa redonda ocorrida no VI Congresso Americano de Cunicultura, evento que aconteceu na cidade de Goiania, em agosto de 2018. Esta reunião contou com a participação de cunicultores, professores e pesquisadores advindos do Brasil, méxico e Argentina e retrata as fortalezas e problemas da cunicultura americana bem como propõe soluções. A ACBC pede aos colegas que ajudem na divulgação deste documento. Para baixa-lo, clique aqui

 

 

Novo boletim da Associação Mundial de Cunicultura

            A Associação Mundial de Cunicultura (WRSA) publicou em janeiro a quinta edição do seu boletim informativo que tras várias informações sobre eventos bem como as associações nacionais. para baixar este boletim, clique aqui

Projeto de coelhoterapia é finalizado na APAE de Bambuí

         coelhot3A terapia assistida por animais é uma modalidade onde são utilizados diferentes animais em benefício do desenvolvimento emocional, cognitivo, locomotor, etc, das pessoas e várias são as espécies usadas. No Brasil a mais conhecida é a equoterapia. A coelhoterapia é ainda uma novidade e está sendo aplicada em alguns locais do país. Como são animais dóceis, graciosos e atrativos, os coelhos são excelentes animais para este fim.

         Dentro de um projeto de extensão coordenado pela professora Cássia Felix e o professor Luiz Machado do IFMG Campus Bambuí e de maneira totalmente voluntária, as alunas de graduação em Zootecnia Dayane, Marcela e Caroline realizaram um brilhante trabalho junto aos assistidos da APAE de Bambuí. Foram quase dois anos de planejamento, trabalho, perseverança e dedicação ao projeto que culminou com inúmeras atividades desenvolvidas de maneira semanal na instituição. É nítida a grande aceitabilidade que as crianças apresentaram com os coelhos.

      coelhot1 Para encerramento das atividades foi realizada em dezembro uma grande confraternização entre a equipe do IFMG, coordenadores e professores da APAE e assistidos, onde foram feitas dinâmicas além de um gostoso lanche. A equipe do projeto de extensão agradece a coordenação da APAE por todo o apoio dado durante a execução do projeto.

       Os resultados serão apresentados no próximo congresso brasileiro de Zootecnia, que será realizado na cidade de Uberaba, em Agosto de 2019.