Notícias

ACBC reforça a necessidade de prevenção à Mixomatose em Coelhos

KE Atypical myxomatosis     Mixomatose é uma das enfermidades mais graves que pode acometer os coelhos. É uma doença infectocontagiosa de NOTIFICAÇÃO OBRIGATÓRIA aos Órgãos de Saúde e Zoonoses. É causada pelo vírus myxoma, originário de coelhos selvagens, manifestando sintomas principalmente nas áreas genitais, patas, focinho, olhos e orelhas, formando nódulos subcutâneos gelatinosos em volta das aberturas naturais, conjuntivite bilateral e edema na face, dando à cabeça do animal um aspecto leonino. O diagnóstico é baseado principalmente nos sinais clínicos, mas achados anatomopatológicos contribuem para sua identificação.

     Embora existam vacinas disponíveis em países onde a doença é considerada endêmica, não existe um tratamento específico e a mortalidade é alta e rápida. Sendo assim, o melhor "remédio" é sempre a prevenção. Nesse sentido, a ACBC chama a atenção para as principais formas de preservar seu plantel dessa doença tão implacável:

1- Evite comprar animais de outros Estados ou Países (especialmente Uruguai e Argentina, onde já houve surtos) sem laudo veterinário atestando ausência de mixomatose;

2- Ao adquirir animais de outros plantéis, mantenha-os em quarentena por, no mínimo, 15 dias. Os animais adquiridos de fora precisam ficar em gaiolas separadas e distantes dos demais animais do plantel.

3- Evitar contato de coelhos com qualquer animal silvestre, pois estes podem portar o vírus transmissor da Mixomatose.

4- Preservar as instalações contra insetos e pragas como artrópodes (mosquitos, moscas, pulgas e ácaros), que podem transmitir a doença.

 

     Infelizmente, devido à baixa demanda do mercado nacional, não são fabricadas, importadas ou vendidas vacinas contra Mixomatose para Coelhos no Brasil.

 

Revista Brasileira de Cunicultura publica nova edição e convida autores para enviarem Revisões Bibliográficas

 

RBCA equipe editorial da Revista Brasileira de Cunicultura informa que publicou sua 18ª edição (www.rbc.acbc.org.br). Aproveitamos a oportunidade para convidar os autores científicos para escreverem Revisões Bibliográficas dentro dos seguintes temas:

- Alternativas para amenizar o estresse calórico em coelhos
- Uso de suplementos volumosos na alimentação de coelhos
- Uso de alimentos funcionais para coelhos
- Técnicas de curtimento de pele de coelhos
- Enriquecimento ambiental e bem estar de coelhos para corte

Para a publicação destes temas, não haverá taxas. Maiores informações pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Associação Espanhola de Cunicultura promove Web-Conferência sobre comercialização e consumo da carne de coelho

Webi ASESCU

A Associação Espanhola de Cunicultura (ASESCU) promoverá  o primeiro WebiAsescu, uma Conferência Digital sobre Comercialização da carne de coelho e novas tendências de consumo" (programação na figura acima). O Evento ocorrerá no dia 11 de novembro (quarta-feira), das 18h30 às 20h00 na Espanha (14h30 às 16h00, no Brasil) e será o primeiro de 3 que serão realizados ainda em 2020. De acordo com o Presidente da ASESCU, Prof. Dr. Juan José Pascual (Juanjo), estão convidados a participar do evento todos os interessados no assunto. Para assistir a Conferência, é necessário realizar a inscrição por meio deste FORMULÁRIO. Após seu preenchimento, o link de acesso será enviado por e-mail. Para mais informações sobre as ações da Associação Espanhola de Cunicultura, basta acessar o site https://asescu.com

ACBC participa da criação do Núcleo Brasileiro de Cunicultura Pet

Núcleo Brasileiro de Cunicultura PET LogoApós o sucesso do Curso de Venda e Pós-Venda de Coelhos para Companhia, realizado pela ACBC entre os meses de julho e agosto de 2020, os participantes do evento se articularam em reuniões periódicas e criaram o Núcleo Brasileiro de Cunicultura PET, uma entidade sem fins lucrativos composta por cunicultores, professores/pesquisadores, zootecnistas, médico-veterinários, estudantes e outros interessados na atividade de cunicultura pet. 

O Núcleo Brasileiro de Cunicultura Pet buscará unir forças em prol da atividade, a qual já represnta um importante setor do agronegócio brasileiro, com destaque para o desenvolvimento econômico e social bem como para promoção do bem-estar de humanos e animais. O Núcleo terá como objetivo principal trabalhar em prol da cunicultura para que alguns problemas sejam minimizados, bem como para maior valorização dos coelhos e do trabalho dos profissionais que atuam diretamente com esses animais.

Para acessar o site da entidade, basta clicar no link: https://www.cuniculturabrasil.com/  

Criadores de Mini Coelhos de RS, RJ e MG realizam encontro com roda de conversa em Itatiaia-RJ

Encontro de Criadores ItatiaiaNo dia 03/11/2020 (terça-feira), Criadores de Mini Coelhos de diferentes Estados (RS, RJ e MG) realizaram um encontro com roda de perguntas e respostas em Itatiaia-RJ. Participaram do evento os Cunicultores: Noelia (Sr. e Sra. Coelho), Flávio (Cabanha Coelho Bonito), Luiz e Lucia (Lulu Mini Coelhos), Liliane (Coelhos Cantão), Fernanda e Sérgio (Lilica Mini Coelhos). Respondendo às perguntas dos criadores, estava a Médica Veterinária especialista em coelhos e também criadora, Dra. Natalia Queiroz (Granja Dos Pés). Para acessar a conversa, clique no link: https://www.youtube.com/watch?v=IbX6WXuPyBI

ACBC MANIFESTA PREOCUPAÇÃO COM A SITUAÇÃO DE CUNICULTORES FRENTE AOS PREÇOS DAS RAÇÕES

lucro em cunicultura 1     Devido principalmente à alta nos preços das rações, impulsionada pelo aumento do custo das comódities agrícolas, a ACBC vê como delicada a situação de muitos cuniculturores que produzem animais para carne. Na atualidade está faltando ingredientes como milho e farelo de soja internamente do Brasil, sendo isso explicado parcialmente pelo alto valor do dólar e elevada procura do mercado externo por grãos. Isso colabora para elevação nos preços das rações para coelhos, diminuindo mais ainda a margem de lucro dos cunicultores corte, a qual já era pequena.

     Neste sentido, vários cunicultores têm relatado dificuldades e alguns interromperam suas atividades. A ACBC reintera a necessidade dos cunicultores melhorarem sua eficiência para produção bem como negociar maiores quantidades de ração com as fábricas, de forma individual ou coletiva. Além disso, para os cunicultores que dispõem de forragens verdes ou desidratadas, a suplementação alimentar com forrageiras adequadas pode representar uma alternativa para redução dos custos, mantendo-se os índices produtivos. 

ACBC lamenta o falecimento da Profa. Maria Paz Crespi Coll (Pacita), uma militante da Cunicultura Brasileira

Professora Pacita 1     Profundamente consternados, comunicamos o falecimento da professora Maria Paz Crespi Coll (Pacita), lotada no Departamento de Produção Animal do Instituto de Zootecnia (IZ). A professora formou-se em Medicina Veterinária pela UFRRJ e logo iniciou sua carreira docente no IZ, onde ministrava a disciplina de Cunicultura e chefiava também o setor. Muito querida por todos do IZ, sempre estava animada e gostava muito da atividade docente, para a qual tinha muita dedicação. Casada com o professor Francisco Coll, também do IZ, de quem foi inseparável, deixa três filhos e muitos admiradores.

  

Curso Remoto de Cunicultura de Corte será lançado no dia 20 de outubro

Curso de Cunicultura ACBC 2020Na próxima terça-feira (20/10) a ACBC irá realizar o lançamento do Curso de Cunicultura de Corte, por meio da PLATAFORMA DE GERENCIAMENTO DO CURSO, sendo disponibilizadas de 2 a 3 palestras por semana, entre os meses de outubro e dezembro de 2020, totalizando cerca de 30 palestras distribuídas entre os 5 principais pilares da Cunicultura de Corte.

As inscrições podem ser feitas pela mesma PLATAFORMA DE GERENCIAMENTO DO CURSO. O investimento será de R$100,00. Mas os sócios da ACBC com anuidade em dia poderão solicitar desconto de 50% no momento da inscrição. Estão convidados a participar desse evento Alunos de Graduação e Pós-graduação, Docentes e Pesquisadores, Cunicultores e Profissionais relacionados à cadeia produtiva de Coelhos de Corte, além de interessados no assunto.

ATENÇÃO: Sócios da ACBC com anuidade em dia receberão o desconto digitando o seguinte CUPOM no campo específico: associado2020acbc

Após a realização da inscrição, os dados informados serão enviados para a Secretaria da ACBC para conferência e verificação. Os inscritos receberão um link no e-mail informado com instruções para validação do acesso às palestras.

 

 

 

 

 

 

 

ACBC MANIFESTA PREOCUPAÇÃO COM A MORTE DE COELHOS DEVIDO AO CALOR E DÁ DICAS PARA AMENIZAR O ESTRESSE CALÓRICO

 

estresse calórico coelhos1      A ACBC tem percebido que neste ano muitos cunicultores têm perdido coelhos devido ao estresse calórico. A ambiência do coelhário impacta diretamente no desempenho, conforto e bem-estar do animal. Há que se destacar que os coelhos são animais muito sensíveis ao calor. Dessa maneira, o cunicultor poderá adotar medidas a curto e médio prazo que favorecerão uma melhor ambiência em seu coelhário. Sugerimos algumas alterações simples e de baixo investimento que podem ajudar nesse momento: 

   

 

MEDIDAS EMERGENCIAIS:

- Manejo diário de cortinas;

- Evitar manejar animais após as 9h da manhã (desmama, reprodução, instalação de ninhos, queima de pelos, aplicação de medicamentos e vacinas, etc);

- Fornecimento de água fresca de manhã e de tarde. Caso a água da caixa esteja morna ou quente, é essencial esvaziar ou colocar gelo para amenizar a temperatura da água que os animais irão beber. Também é prudente proteger a caixa d'água do sol, caso esteja exposta;

- Redução do adensamento (máximo 4 animais por gaiola) no caso de animais desmamados;

- Substituição de descansos de patas de madeira ou plástico por cerâmica ou azulejo (precisa limpar diariamente);

- Limpeza do chão do galpão, caso seja de concreto, com água diariamente (pode-se reutilizar a água morna da caixa que foi esvaziada);

- Fornecimento de garrafas pet (500mL  já é o suficiente) com água congelada para os reprodutores no período da tarde, monitorando para que não roam a tampa.

 

MEDIDAS DE CURTO E MÉDIO PRAZO:

- Instalação de manta térmica abaixo do telhado; 

- Instalação de forro de lona, preferencialmente de cor azul;

- Pintura da face externa do telhado de fibrocimento utilizando a cor branca (que reflete os raios solares); 

- Pintura da face interna do telhado de fibrocimento utilizando a cor preta (que absorve o calor do interior do galpão);

- Colocação de exaustores no telhado, afim de favorecer a saída de ar quente;

- Colocação de aspersores na parte exterior do telhado, acionados por termostato interno;

- Colocação de ventiladores internos no coelhário, acionados por termostato, cuidando para não haver ventilação direta nos animais;

- Conjugação de ventilador e nebulizador interno ao coelhário, a partir da compra de equipamento climatizador (investimento de cerca de R$ 1.500,00);

 

MEDIDAS DE LONGO PRAZO:

- Plantio de árvores ao redor do galpão, preferencialmente de espécies caducifólias (que perdem as folhas no inverno);

- Plantio de grama ao redor do galpão;

- Elevação da altura do pé direito do galpão para, no mínimo, 3 metros;

- Instalação de lanternim no telhado ou exaustores em diversos pontos da cumeeira;

 

      Além da sugestões acima, no caso de construção de novos galpões, é primordial o dimensionamento da cumeeira em sentido leste-oeste, permitindo que o sol esteja sempre sobre a cumeeira, em todos os horários do dia, evitando excesso de calor apenas de um lado do telhado em determinados períodos do dia. Também é indicado utilizar telhas de barro ou fibrocimento ao invés de amianto ou eternit.

  

Granjas do Rio de Janeiro promovem Encontro de Cunicultores

WhatsApp Image 2020 10 01 at 11.00.44      No próximo dia 11/10 (domingo), a Granja LuLu Minicoelhos (Itatiaia-RJ), em parceria com a Granja AL Mini Coelhos (Nova Iguaçu-RJ) e a Granja L&C Coelhário (Pedro Leopoldo-MG), sediará um Encontro de Cunicultores de raças Pet. De acordo com o proprietário da Granja, Sr. Luiz Eduardo da Silva Pinto, o objetivo do evento será promover um bate-papo entre criadores, com troca de ideias e perspectivas da Cunicultura do Estado do Rio de Janeiro. 

 

 

  

 

ACBC oferece Curso de Cunicultura de Corte 100% remoto

Curso de Cunicultura ACBC 2020

        É com enorme satisfação que a Associação Científica Brasileira de Cunicultura (ACBC) comunica a realização do Curso de Cunicultura de Corte, a ser iniciado a partir de outubro de 2020, por meio de uma plataforma 100% remota (à distância). Serão abordados os principais pilares: GENÉTICA, NUTRIÇÃO, AMBIÊNCIA, SANIDADE e GESTÃO, com palestrantes renomados (inclusive estrangeiros) e emissão de certificados com carga horária total de 30 horas.

     O investimento será de R$100,00 mas sócios da ACBC com anuidade em dia poderão solicitar desconto de 50% no momento da inscrição. Estão convidados a participar desse evento Alunos de Graduação e Pós-graduação, Docentes e Pesquisadores, Cunicultores e Profissionais relacionados à cadeia produtiva de Coelhos de Corte, além de interessados no assunto.

      Para realizar sua inscrição, basta acessar a PLATAFORMA DE GERENCIAMENTO DO CURSO, por onde também serão disponibilizadas de 2 a 3 palestras por semana, entre os meses de outubro e dezembro de 2020, totalizando cerca de 30 palestras distribuídas entre os 5 principais pilares da Cunicultura de Corte.

      ATENÇÃO: Sócios da ACBC com anuidade em dia receberão o desconto digitando o seguinte CUPOM no campo específico: associado2020acbc

     Após a realização da inscrição, os dados informados serão enviados para a Secretaria da ACBC para conferência e verificação.

 

 

  

 

Conhecendo um pouco sobre a cunicultura em outros países: Venezuela

 

FAGROCunicultores da Venezuela têm se unido para compartilhamento de informações sobre a produção de coelhos. Para isso, criaram o Centro Cunícola de Organización Rural, sediado no Campo Experimental da Faculdade da Faculdade de Agronomia, da Universidade Central da Venezuela em Maracay. A instituição vem criado diversos grupos de discussão e troca de informações em diversas áreas, com participação de especialistas, docentes, artesãos, chefs, geneticistas, profissionais e cunicultores. Os grupos formados incluem temas como genética de coelhos, gastronomia, peleteria, pastos e forragens, mercado e especialidades. O Centro Cunícula de Organização Rural FAGRO-UCV é divulgado pelo Msc. Alexis Lamas, e conta com a participação de cerca de 250 cunicultores por todo o país.

 

ACBC cria formulário para atualização de cadastro de Estabelecimentos Comerciais ligados à Cunicultura

WhatsApp Image 2020 08 03 at 20.17.15Considerando  o bom momento da Cunicultura Nacional, a ACBC criou um formulário específico que vai auxiliar a manter atualizado o Cadastro de Cunicultores e proprietários ou Responsáveis por Granjas, Criatórios, Petshops, Casas Agropecuárias, Abatedouros, Casas de Carne, Açougues, Indústrias ou Lojas de equipamentos e rações, Prestadores de serviços veterinários, Assistência técnica ou outros Estabelecimentos Comerciais ligados à Cunicultura.

O cadastro é gratuito e leva menos de 2 minutos. Basta CLICAR NESSE FORMULÁRIO e preencher corretamente as informações.

Crie ou atualize seu cadastro e ajude a manter a Cunicultura Nacional ainda mais aquecida.

 

  

 

 

Prorrogadas inscrições para Curso de Venda e Pós-venda de Coelhos para Companhia

 WhatsApp Image 2020 06 25 at 20.24.13      As inscrições para o Curso de Venda e Pós-venda de Coelhos para Companhia, que encerrariam hoje (05/07/2020), foram prorrogadas por mais dois dias, sendo aceitas até 07/07/2020, às 23h59. Não perca tempo, pois as inscrições são limitadas e restam poucas vagas. 

      O curso será realizado de 08/07 a 12/08/2020, sempre nas quartas-feiras (das 19h às 21h) por meio da plataforma Google Meet. O investimento será de R$ 50,00 e haverá emissão de certificados (carga horária: 20h). 

      Para realizar sua inscrição, basta efetuar o depósito ou transferência do valor na conta bancária da ACBC (descrita abaixo), preencher o formulário de inscrição e anexar o comprovante de pagamento. Para sócios da ACBC a inscrição é gratuita, mas o formulário também precisa ser preenchido, para emissão dos certificados.

      Os dados bancários para pagamento da inscrição seguem abaixo:

BANCO DO BRASIL
TITULAR: LEANDRO D CASTILHA (Presidente da ACBC)
CPF: 051.804.929-98
AGÊNCIA: 0352-2
CONTA CORRENTE: 127.775-8 

       Para realizar sua inscrição, CLIQUE AQUI.