Estatísticas

Visualizações de Conteúdo : 607978

A Associação Científica Brasileira de Cunicultura - ACBC - constitui-se de uma estrutura de reflexão aberta, sem fins lucrativos, tendo como principais objetivos estudar o aperfeiçoamento da criação de coelhos, estabelecer e favorecer os contatos entre técnicos e grupos de técnicos nacionais e internacionais ligados à cunicultura, além de difundir os conhecimentos dentro da área de cunicultura.  


A ACBC busca promover reuniões de trabalho e reuniões gerais periódicas, organização de seminários, conferências, congressos, difundir informações do mercado cunícula e do poder público, cooperação com todas as outras organizações nacionais e internacionais que tenham os mesmos objetivos, assim como apoiar e participar de todas as iniciativas que possam ajudar a cunicultura, exceto as atividades com fins lucrativos. 

 

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/AssociacaoCientificaBrasileiraCunicultura/?fref=ts

 

 

NOTÍCIAS DO SETOR

 

PESQUISAS BUSCAM MELHOR COMPREENSÃO DO MERCADO CUNÍCULA

Novembro/2016

           Algumas pesquisas estão sendo realizadas para que melhor se compreenda o mercado cunícula brasileiro.

          Para melhor compreensão da situação dos cunicultores PET, o Zootecnista Jean Kaique desenvolveu um questionário que está disponível em: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdCa1NJRbVF4Z2JCf7dTTdTDqqzgm5h8v3MvQiQs9bjQ8rHOA/viewform. Não há identificação e os interessados gastam somente cerca de 5-10 minutos para resposta.

           Já outra pesquisa de preços está sendo realizada com intuito de atualizar a lista de preços criada em 2011, que se encontra muito ultrapassada. O estudante Bruno Amorim listou vários itens para isso. Os interessados podem enviar e-mail diretamente a ele ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ) com alguns preços dos seguintes itens: Coelho Vivo para abate  (Kg), Coelho Vivo para abate  (Unidade), Pele in natura  (Unidade), Pele curtida (Unidade), Pêlo Angorá (Kg), Patas Frescas (Unidade), Patas Curtidas (Unidade), Rabo Fresco (Unidade), Rabo Curtido (Unidade), Sangue (Litro), Soro (Litro), Cérebro (100g), Esterco (saco c/ 20kg), Orelha in natura (Unidade), Orelha Curtida (Unidade), Vísceras (Kg),  Bexiga Cheia (Unidade), Olhos  (Unidade), Coelho SRD (Unidade), Coelho Fuzzy Lop (Unidade), Mini Lion (Unidade), Hotot (Unidade), Netherland (Unidade), Teddy (Unidade), Mini Holandês (Unidade), Mini Rex (Unidade), Angorá (Unidade), Coelho Outras Raças (Unidade), Ração Caseira (Kg), Ração Crescimento (Kg), Ração Reprodução (Kg).

 

CURSOS DE FORMULAÇÃO E INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL SÃO REALIZADOS

Novembro/2016


             Aconteceu em outubro, na Escola de Veterinária da UFMG, o curso de "Formulação de ração e inseminação artificial em coelhos" proferido pelo prof. Luiz Machado, do IFMG Bambuí. O evento contou com a participação de Zootecnistas e Veterinários daquela escola. Luiz Machado cita que é a primeira vez que um curso assim é realizado no Brasil e acredita que em breve um mini curso de inseminação poderá ser oferecido a outros técnicos e cunicultores.  

 

 

 

ENTREVISTA JUANJO PASCUAL

Novembro/2016

         O prof. Luiz Machado, atual secretário da ACBC, entrevistou o prof. Juanjo Pascual, catedrático da Universidade Politécnica de Valencia - Espanha em Julho deste ano. A entrevista pode ser visualizada no link: https://www.youtube.com/watch?v=2_uzZcVIHGg.

           Juanjo é na atualidade um dos maiores cientístas cunículas do mundo e na entrevista faz um resumo sobre a cunicultura, sua importância, sobre a pesquisa em cunicultura, etc. Esta entrevista já é parte do Canal Dr Cuni, ferramenta para divulgação da cunicultura e que publicará novos vídeos sobre a atividade nos próximos meses.


CRISE ECONÔMICA AFETA A CUNICULTURA

Outubro/2016

 

             Mesmo com baixa expressão entre as atividades produtivas do agronegócio brasileiro, a cunicultura também vem sofrendo com a crise político-econômica que atualmente acontece no Brasil. Como o valor do dólar influencia o preço da ração, os cunicultores relataram aumentos de 20-30% no valor deste produto no último ano, diminuindo a rentabilidade da atividade. Além disso, carnes nobres como a do coelho, são substituidas por carnes de custos mais acessíveis, no momento da compra pelo consumidor.  

 

DIRETORIA DA ACBC PARTICIPA DO JULGAMENTO DE COELHOS

Setembro/2016

 

           

A diteroria da ACBC, através de seu presidente Yuri De Gennaro Jaruche e seu vice presidente Berilo Brum, participou do julgamento de coelhos da Expointer 2016. Foram selecionados os exemplares que mais se adequaram ao padrão racional.

Esta é a maior feira de coelhos da América latina, sendo promovida pela FARCO e recebe centenas de animais com raças diversas. Possui o barracão mais visitado de toda a Expointer. Esse trabalho é fundamental para a conservação do material genético nacional, o qual poderia ser uma importante fonte para programas de seleção e melhoramento.

Esse ano muita discussão sobre os coelhos pet surgiram e, por esse motivo, a presidência da ACBC irá elaborar até a próxima Expointer um livro sobre as raças de coelhos com padrões nacionais. Observou-se que os coelhos de companhia receberam maior atenção do público.

 

 

 

 

 

 

 

GRUPO DE PESQUISA E EXTENSÃO É CRIADO EM MINAS

Setembro/2016

 

               Foi criado em setembro deste ano o GPECU, Grupo de Pesquisa e Extensão em Cunicultura. A criação do grupo foi de iniciativa do prof. Luiz Carlos Machado do IFMG Campus Bambuí que viu na pesquisa e extensão uma forma de melhor capacitar os alunos e contribuir de maneira efetiva para a melhoria na cunicultura Brasileira. 

        O grupo trabalhará a longo prazo sobre as seguintes linhas de pesquisa:  Redução da mortalidade pré-desmame, Alimentação alternativa em cunicultura, Processamento de carne e elaboração de produtos, Aproveitamento de subprodutos de abate, Aproveitamento de subprodutos de abate, Desenvolvimento de softwares, equipamentos e sistemas alternativos, Biologia molecular aplicada a cunicultura e Seleção e melhoramento de linhas genéticas.

          Já na extensão, o grupo focará nos temas: Divulgação da atividade, Apoio a produtores em escala comercial,  Apoio a produtores em pequena escala,  Qualificação de mão de obra e inclusão, Seleção e manutenção de linhas de animais para abate, Disseminação da técnica de uso de inseminação artificial em cunicultura.

        Luiz Machado enfoca que a maior parte dos temas foi definida a partir do contato com os próprios cunicultores, buscando a solução de problemas diversos relatados.